Friday, 8 August 2008

Édipo Rei - comentário

Tragédia, com esse nome não era de se esperar uma historia água com açúcar.

Édipo Rei faz jus ao nome do gênero, tragédia! Mesmo no ritmo sonolento típico do teatro grego, essa é uma historia capaz de prender a respiração dos curiosos até seu trágico, e pré- destinado fim.
Talvez essa peça tenha sido escrita para provar que aquele que procura o destino, nunca vai poder fugir dele. A historia toda gira entorno de homens que fogem das profecias dos deuses, porem todos os seus atos e tentativas desesperadas de serem donos da sua própria sina, são na verdade os passos do destino que os levam cegamente a viver o que mais temiam.

4 comments:

Hacla said...

Eu esqueci que formas de expressão como:
“Água com açúcar” devem ser escritas assim.(entre aspas)

Samuel said...

Haja estômago para ver essa peça!!

ATREVINVENTOS said...

Thyana: bom texto! Atenção às vírgulas! (Quais? Ah... você descobre sozinha!) Qualquer coisa, ask for help!

Jun said...

Não da para esquecer que essa peça durava umas 6 horas!
Corajosos os gregos não?!