Wednesday, 27 August 2008

Uma Nova Idéia (?) ou Mais uma Idéia (!)


Quando você pára pra pensar, você pode se assustar.
Quando você pensa que está pensando tão cinseramente, e sente uma sensação ruim por não estar pensando o que você costuma pensar, talvez até o contrário do que você pensaria normalmente.
É que você pode de repente perceber que está fechando a cabeça, pensando numa idéia quase fixa determinada por você mesmo até agora, ignorando muita coisa que pode chegar até você.
Pode ser que um dia você se pegue pensando numa outra pessoa, que você nunca pensa, mas que pode tanto ser quanto não ser uma pessoa especial.
Aí você pode pensar que está entrando em um conflito por pensar o que você não pensava, e às vezes até chegar a discordar do que você estava pensando antes de pensar o que você está pensando agora. ---> (essa parte ficou meio complicada de entender, porque eu não consegui pensar em outro jeito de escrever isso, mas se você prestar atenção você deve entender).
Então você fica tentando se convencer de duas coisas diferentes, que podem ser idéias quase opostas, que parecem não poder entrar num concenso.
Nessa hora você pode se desesperar, fazendo disso um grande problema dentro de você mesmo. Ou então você pode pensar que isso não deve causar nenhum problema, porque é só uma coisa que te faz pensar em você mesmo. E isso vai ser bom se você souber como deixar fluir o lado bom das coisas, fazendo um equilíbrio com a medida certa de pensar e de sentir.
Eu não sei falei certo tudo o que estava pensando,mas é que esses dias eu me peguei pensando nisso tudo e descobri uma coisa que eu queria tentar explicar.
Eu descobri que todo mundo precisa de tempo, e precisa aproveitar esse tempo, pensando um pouco sem pensar muito fechado, pensando para abrir a mente pras novas idéias que o tempo te tráz. Sem desprezar as suas velhas idéias, pra depois poder pensar em todas essas idéias que você deixou o tempo amadurecer.
Eu acho que todo mundo devia "andar" mais devagar, sem pensar que essa "caminhada" pode ser um tempo perdido (nunca!), sempre aproveitando esse tempo.

Luiza

PS- Essa foto não tem nada a ver... mas eu achei bonita... são flores daquele viveiro do uni11

8 comments:

Lu said...

eu sentei aqui pra escrever os comentários da peça e saiu isso hehe

Brubis said...
This comment has been removed by the author.
clara ananda said...

lu!

texto da hora cara....

Giulliano said...

Rapaiz, eu quase chorei aqui Lu.
Voce fumou antes de escrever isso!?
Bricadeirinha, ficou bem legal, apesar de não ter nada a ver com nada do blog.

ATREVINVENTOS said...

Lindo, Lu! Obrigada por compartilhar esses seus pensamentos. E... se você sentou pra escrever os comentários da peça, deve ser porque a peça abriu alguma coisa em você. Ou não?!

Samuel said...

me fez pensar bastante Lu!!

Lu said...

ah ana!
na verdade eu to fugindo desses comentários... to sem vontade nenhuma de escrever sobre isso... mas em compensação minha cabeça tá sempre cheia de coisas! e nessa hora aí eu tava achando isso que eu tava pensando mais interessante e resolvi escrever!
mas calma...

ATREVINVENTOS said...

Lu: você não entendeu o que eu escrevi, puxa vida...
Mas de qualquer forma, já que você levantou o assunto: pára de fugir e escreve logo os comentários, que eu quero ler! Vocês publicam pouca coisa, EU QUERO LER!!!!!!