Tuesday, 2 September 2008

Meus comentários

Édipo Rei

É uma peça que exemplifica exatamente o que é uma tragédia grega.E que tragédia!
Mostra toda importância que os gregos davam às profecias(chegavam ao ponto de desejar a morte do próprio filho por elas).
Toda a peça gira em volta de um homem tentando escapar da palavra divina.Esta fuga é permeada de homicídios,enganos,atrocidades... até que no fim vence o destino pré-traçado pelos deuses ,encerrando tragicamente esta sufocante TRAGÉDIA!Tudo esta mal quando acaba mal!


A Megera Domada

Podemos perceber nessa peça uma época completamente diferente,tanto pela história,que trata de assuntos "clássicos" de pretendentes que querem se casar com mulheres que não os querem e pápápá...tanto pelo diálogo que se torna bem diferente.

Nessa comédia de Shakspeare, notamos essa trama das mulheres que são sujeitas pelos pais a se casar com homens que não desejam,só que ocm uma pequena diferença;com a presença de uma megéra,que cria situações cômicas ao regeitar escandalosamente seu pretendente.

Shakspeare também nos mostra um recurso usado na época ,que é o de introduzir na primeira cena espectadores que vão assisti e comentar a peça.

3 comments:

Garfield=S said...

Só pra nao falar q eu nao faço nada ... eu to pensando noq escrever ainda ...mas prometo q vou fazer os dois textos... ok Ana??

Pow, pior q o apelido q vc me deu, combia comigo ....

ooorraa mo preguiça d fazer os textos...=s
;]

ATREVINVENTOS said...

Oi, Samuel!
Bom comentário ao Édipo, embora se reflita na profundidade o tempo que passou entre a leitura e a reflexão.
Atenção a:
"ShakEspeare"
"megEra"
"reJeitar"
...e alguns tropeços de digitação.
Com relação ao prólogo de "A megera domada", o recurso que Shakespeare usa é precisamente o de inserir um prólogo, sem relação imediata com o assunto principal da peça em questão. Neste caso, foi a 'sacada' (entre aspas porque é gíria!) do grupo que vai assistir à apresentação, mas não precisava ser necessariamente esse o enredo ou motivo.
Beijos!

ATREVINVENTOS said...

Comentário ao comentário do Fábio (que pra quem não sabe é o Garfield!).
Alô! Sem abreviações, com maiúsculas onde for o caso, com revisão ortográfica! Please!