Sunday, 7 September 2008

a megera domada!

A megera domada é uma das primeiras comédias de Shakespeare, onde retrata as situações de um casamento da renascensa (onde haviam dotes e o casamanto era combinado), conta também a conquista de uma amada e a rebeldia de uma mulher que tem seu casamento marcado com um esposo que nao lhe agrada(um dos fatores que deixa q peça engraçada são os chiliques da mulher!).

Nessa peça também existe um prólogo, onde acontece uma pequena cena e a partir dela vem a história principal, mas o assunto do prólogo não tem nada haver com a da história.

Na minha opinião é uma peça muito bem feita(como qualquer outra peça de Shakespeare), onde existe muitos personagens, mas eles estão sempre em harmônia( não causa a impressão de que tem algum personagem está fora de "sintônia" como normalmente acontece em peças com muito persogens).

A peça fala de um pai, Batista, que para ceder a mão de sua filha mais jovem, a bela e doce Bianca, aos possíveis pretendentes, que sua filha mais velha, a megera Catarina, se case antes. Bianca tem três pretendentes : Gremio, Hortencio e Lutencio, este último é um jovem forasteiro que chega na cidade de Pádua e se apaixona a primeira vista por Bianca. Gremio e Hortencio, rivais nas intensões de casar com Bianca, fazem um acordo para conseguir um marido para Catarina e dessa forma deixar o caminho livre para dar continuidade a sua disputa amorosa. Petrúquio, um nobre falido de Verona, chega na cidade atrás de um bom casamento e gosta da idéia de se casar com Catarina, essa proposta foi feita a ele por seu amigo Hortensio. No começo, contra a vontade da moça, o casamento de Catarina e Petrúquio é realizado e os dois voltam para Verona, onde o esposo, impondo algumas privações e um tanto de mau humor à nova esposa, termina por adestra-la. Após terem feitos várias coisas, dentre as quais o disfarce dos rivais em professores de música e de latim para que pudessem fazer estar com a jovem Bianca, Lucencio e Bianca casam-se, as escondidas; Batista e Vicencio, pai de Lucencio, acabam aceitando o casamento dos jovens e, ao final, Petrúquio mostra a todos que Catarina é uma mulher mais obediente que a doce Bianca.


vlwww heim Ana!!!!!!

olha depois de ter lido o livrinho da peça com o caca e não ter entendido muitas coisas,fiz uma série de pesquisas!
espero que vc tenha gostado do que eu escrevi .. por que eu não estou afim de ficar de recuperação... ou seja passei o final de semana fazendo pesquisa!!
Então espero uma grande consideração de sua parte! até amanha!
bjao

2 comments:

ATREVINVENTOS said...

Pedrim! Valeu mesmo!
Eu ainda acho que seria bom que nós nos encontrássemos pra ver uns detalhes do seu texto. Em esquema de reforço... o que você acha?

pedro said...

olha... vamso se encontrar sim... so q se for em em hrario letivo.. pra mim, seria mto melhor!
ok??
iuuahuahuahua
bjaoooo